terça-feira, 25 de maio de 2010

Salmonelas

Read this post in english here :)

O tema de hoje são as malvadas salmonelas, com as quais muitos criadores têm de lidar, uns mais, outros menos. Não há remédios santos, nem milagres que exterminem as salmonelas para sempre, o que torna importante saber como controlar os níveis para que não se tornem nocivos.

A Salmonella é uma bactéria que vive no tracto intestinal. É transmitida de um hospedeiro para outro essencialmente pelo ar, através das secreções oculares e nasais, fezes e pó das penas. Também é transmitida de pais para filhos ainda dentro do ovo ou quando este enclode. Chamada de transmissão vertical directa. Quando os níveis de salmonella são demasiado elevados, existe uma forte probabilidade de o embrião não sobreviver.

Sintomas:

- Tremor;
- Cabeça baixa;
- Asas arrastadas;
- Falta de apetite;
- Perda de peso (nas crias este factor é de extrema importância);
- Veios de sangue nas fezes;
- Desconforto abdominal;
- Barriga inchada;
- Diarreia;


Evitar as salmonelas:

- Manter uma boa ventilação no local onde estão os pássaros, com entrada e saída de ar, ou seja, evitar o ar "viciado" dentro das instalações mas ter em atenção as correntes de ar pois não vamos evitar um problema criando outro;
- Manter as instalações com higiene;
- Evitar que bebam água suja, ou seja, mudar as águas todos os dias ou no máximo dos máximos dia sim, dia não;
- Os bebedouros devem ser lavados e desinfectados sempre que trocados;
- Controlar os níveis de higiene dentro dos ninhos. Ou seja, cada vez que fazem uma postura e que tenham filhos, quando deixa de haver filhos no ninho, deve-se retirar este, desinfectar e lavar e voltar a colocar para uma nova postura;
- Fazer preventivos regularmente;
- Manter as aves bem nutridas e alimentadas;
- Controlar as moscas e os ratos nas instalações;
- Evitar os surtos de depressão e stress nas aves;
- Manter a temperatura das instalações regular, nem muito quente, nem muito fria;

Tratamento:

- Existem à venda vários tratamentos para as salmonelas contudo o que usamos e que nos parece mais eficaz é Salmocoli da Zoopan.

O tratamento é explicado na embalagem, tal como as dosagens, deve ser feito religiosamente por um período de 5 dias e em caso de prevenção 3 dias.

No caso das crias, é sempre importante evitar que elas cheguem a ter salmonelas em níveis descontrolados pois provoca muitas vezes a morte, mesmo com o tratamento. É dos tais casos que se não morre da doença morre da cura. O salmocoli é extremamente violento para o organismo dos bebés. Se houver essa infelicidade, no caso dos bebés criados pelos pais, as chances de sobrevivencia são maiores. Coloca-se a água normalmente no bebedouro e os pais vão dando aos filhos em pequenas doses ao longo do dia. No caso de bebés criados à mão o caso muda de figura. O medicamento não deve ser adicionado à pápa, não deve ser aquecido. A melhor forma é preparar um bebedouro de 30ml com água mineral ou previamente fervida, à temperatura ambiente, com o medicamento e ir dando ao longo do dia em pequenas doses, durante 5 dias. Não se deve dar antes de dar a pápa, o ideal é dar passado uma hora de se ter dado a pápa. Uma pequena dose de água, que se oferece a beber mas não se obriga a beber. É certo que eles irão beber, pelo menos um pouco. No fim do tratamento, se os bebés tiverem sobrevivido, deve-se fazer durante 2 dias um preparado de água mineral ou previamente fervida com complexo B e ir oferencendo aos bebés ao longo do dia, tal como se fez com o tratamento das salmonelas. É importantíssimo que os bebés em tratamento não estejam sem comer à noite por períodos superiores a 6 horas e durante o dia não mais que 3,5 / 4 horas.

2 comentários:

Armindo Tavares disse...

Olá, verifiquei que a embalagem que serve de base ilustrativa do texto é da Zoopan. Comecei este ano a usar esta gama de produtos e gostaria de saber se já o utiliza ou utilizou e qual a sua eficácia.
Obrigado.
SAudações ornitófilas.

Silvia "AGARUS" disse...

Perdão mas não tinha visto o seu comentário. Respondendo à questão, já uso a Zoopan à imenso tempo e estou bastante satisfeita com os resultados.